Verso do Grande Mestre Nissen Shounin nº 2053

“Registre para eternidade
o nome da alma que partiu,
para assim poder sufragar
através da Butsuryu-kou”.

Por Shintoku Macedo

Este verso do Grande Mestre Nissen Shounin nos ensina que devemos registrar o nome dos nossos antepassados no livreto de antepassados da nossa residência e também do nosso Templo, e cultuá-los pelo Darma Sagrado do Namumyouhourenguekyou.

O culto póstumo consiste em oferecer orações à alma de um falecido. Este, pode ser fiel do Budismo Primordial ou não, e qualquer fiel pode solicitá-lo.

O mais importante nisso tudo é orar o Darma Sagrado, fazer a verdadeira oferenda que é oferecer as virtudes do Namumyouhourenguekyou. 

Porém, muitas pessoas ainda acham que juntar as mãos, abaixar a cabeça, ou simplesmente oferecer o incenso e mentalizar estão orando para a alma do falecido. 

Tudo isso que foi citado são gestos bonitos e que demonstram respeito, contudo não é suficiente.

Em primeiro lugar temos que acreditar que a alma é infinita e que um dia irá se iluminar e partir para a Terra Pura Búdica. Em seguida, registrar o nome do falecido no livreto de antepassados que temos no nosso altar sagrado e também no livro de antepassados perpétuo do Templo para que ela seja lembrada em nossas orações diárias. 

Um outro detalhe importante: quando registramos o nome dos nossos entes falecidos nos livros de antepassados do nosso Templo, sempre teremos orações sendo realizadas a eles nos cultos.

Ainda mais no nosso dia a dia atarefado e cheio de compromissos, podemos cometer a falha de não nos lembrarmos dos nossos falecidos, e convenhamos, isso não é nada bom. Já com o nome registrado isso dificilmente irá acontecer.

Nós budistas acreditamos e damos muito valor a este elo que existe entre nós Seres Humanos, principalmente o elo familiar. Assim como a alma é infinita, o elo entre nós seres humanos é infinito também, ou seja, o falecimento não é sinônimo de um final de um relacionamento, mas sim de uma simples passagem de uma alma. Então podemos dizer que é um recomeço, o recomeço de uma jornada na qual devemos mantê-lo com as orações pelo Darma Sagrado.

Citação do Grande Mestre Nissen Shounin:

“O culto póstumo baseado em ensinos pré Sutra Lótus, ou que o antecedem, aumentam o sofrimento no inferno”.

E assim foi dito.

O Grande Mestre Nissen Shounin nos deixa bem claro que ao orar por um falecido baseado em qualquer outro ensinamento que não o do Sutra Lótus, só pode ser maléfico, pois nos desvirtua e nos afasta cada vez mais do caminho de Bossatsu e, consequentemente, do caminho da Terra Pura de Buda. E não há coisa pior do que isso.

É isso que nos ensina este verso.