Siga a fé e não as ilusões

Verso do Grande Mestre Nissen Shounin nº 327

“Até agora fui usado
pelas minhas ilusões.
Agora, são minhas ilusões
que devem seguir a minha fé.” 

Por Nitiyuu Correia

Uma das grandes premissas budistas é “Visualizar a realidade tal como ela é”. Mas para termos certeza precisamos nos perguntar: 

“Será que estou vendo a realidade ou o reflexo das minhas ilusões e desejos?”

No verso, de acordo com a afirmação do Grande Mestre Nissen Shounin, definitivamente somos prisioneiros das ilusões e influenciados pelos desejos mundanos. 

Popularmente é dito que “Para não ter que viver desiludido é só não viver de ilusões”. Em outras palavras seria “Viva a realidade pela fé no Darma Sagrado Namumyouhourenguekyou”. Sendo assim, por esta força, nos tornaremos dominantes do ciclo e todo o restante deverá seguir nossos designíos religiosos prioritariamente.

A seguir algumas citações alusivas a este ensinamento e cuidados que devemos ter:

Citações do Grande Mestre Nissen Shounin (Goshinan):  

“As ilusões são a causa da heresia e origem dos carmas malignos.”
(Vol.2.p.145)

“A origem dos sofrimentos são as ilusões.
Distante delas não haverá sofrimento.”
(Vol.4.p.181)

“O ego é uma ilusão.”
(Vol.5.p.467)

“Não tente dar um jeito em uma ilusão com outra ilusão.
Assim como não deve pensar sobre um sonho sonhando.”
(Vol.5.p.473)

“Por se iludir não tem autocontrole. É tal como estar amarrado e preso.
Não consegue ir longe e nem dormir tranquilo.”
(Vol.1.p.394)

São algumas citações da coleção de escrituras de Nissen Shounin. Todas esclarecem perfeitamente o mal que faz seguir as ilusões mundanas. Ilusões podem ser devaneios, insegurança, hesitação, titubear, vacilo, tentação, incerteza, descrença, entre outros. Ou seja, é tudo que nos afasta do Darma, não se baseia na certeza, retidão e prática da fé do Namumyouhourenguekyou, do Buda Primordial, transmitido pelo Jyougyou Bossatsu.

Uma vez recebendo este Darma Sagrado a prática é simples “Siga a fé e não as ilusões”. Uma vez que recebe o Darma, definitivamente precisa dar um basta e fazer dessa fé o carro chefe e ação decisiva de nossas vidas.