O Budismo Primordial iniciou-se com um culto celebrado pelo Grande Mestre Nissen Shounin no dia 12 de janeiro de 1857. Deste culto, participaram quatro nobres fiéis. Por isso, nós temos como uma de nossas principais bases promover e participar dos Cultos de Grupo.

Em todos os cultos, nós somos todos solicitantes e promotores. Por este motivo, todos podem e devem ter o sentimento de contribuir, realizar a oferta (ofusse) ao monge ou monja, além de oferecer a refeição (okuyou).

O Grande Mestre Nissen Shounin nos transmitiu um verso onde nos ensina:

“A virtude do culto
não deixa de existir,
mesmo quando se calcula
custos e benefícios.”

(Verso do Grande Mestre Nissen Shounin nº 1689)

Para se realizar um culto não se calcula custos e benefícios. Porém, como nos ensina o verso, ainda que se calcule, mesmo assim, ao realizarmos e oferecermos orações e doações, tudo se transforma em virtudes. 

E quais são essas virtudes?

Podemos receber a virtude do sucesso profissional, assim como a virtude para a cura da doença. Mas teremos o principal, que é o desprendimento de nossa ganância. Aprenderemos a ter o equilíbrio em nosso modo de viver e, assim, a nossa vida vai se transformar em uma vida regrada de paz e harmonia. 

O Culto de grupo, para nós seria o curso básico para aprendermos a lapidar as nossas ações mundanas e inserir atitudes e ações altruístas. Na vida, quando queremos nos especializar em alguma profissão, ou adquirir mais conhecimentos, corremos atrás de cursos, que na maioria das vezes temos que custear e além de pagarmos a condução e alimentação. Mas, mesmo sendo custoso, vale a pena, pois nós estamos com certeza se beneficiando com o aprendizado deste curso. Para a praticar a fé no Budismo Primordial, todo fiel e que pertence a um grupo, poderá participar do culto de grupo. Pois o Culto de grupo, nada mais de que um curso básico da fé. Portanto não se calcula custos e benefícios, e sim quando participamos de corpo e alma, receberemos o principal a benção do Darma Sagrado (Gohouzen). 

Citação do Grande Mestre Kaidou Nissen:

“O culto é a sala de aula e expansão, local onde se aprende a imensurável compaixão, a pratica correta de seus ensinamentos e recarregamos a energia espiritual. Graças a isso, é possível acumular incontáveis virtudes, nos proporcionando tranquilidade neste presente e no pós-morte, nos direcionando a Terra Pura de Buda. Ou seja, este será uma recriação do cenário onde o Buda pregou o Sutra Lotus, o Monte Sumeru, por isso será tão puro e sagrado quanto. Um budista Primordial deve tentar retribuir esta compaixão de Buda, pelo menos se esforçando na participação dos okous. Para os iniciantes que ainda não tem confiança para ajudar outrem, devem participar para adquiri-la. Mesmo com muitas ocupações e tarefas, deve se esforçar na participação e assim demonstrar o seu sentimento de Gratidão.”

(Butsuryu seiten- pag 95)

Então, não perca tempo. Procure se informar no Templos e  núcleos de sua região, e participe do culto de grupo. Pode ter certeza de que dedicar seu valioso tempo trará muitos benefícios a você e vossa família.