Muitas pessoas, com o intuito de receber mais e mais bênçãos, têm o hábito de frequentar várias cerimonias de diversos segmentos religiosos, e afirmam que toda religião é boa e que quanto mais benção receber, melhor será.

É sabido que todas as religiões têm como objetivo pregar o bem e a paz entre todos os seres. Mas o que não pode deixar de levar em consideração é que cada segmento religioso tem sua própria doutrina e forma de pregar os seus ensinamentos para o recebimento de bênçãos, pelos seus fiéis seguidores.

Existe um ditado que diz: “mais vale um pássaro na mão do que dois voando”.

Ou seja, a pessoa que tem o hábito de frequentar cerimônias de diversos segmentos religiosos unicamente com o firme propósito de ser beneficiado religiosamente, terá dificuldade de seguir fielmente a doutrina da sua religião, ao mesmo tempo que participa das demais. E o fato de não conseguir praticar a fé deste segmento de acordo com a doutrina por ele estabelecida, terá prejuízo no recebimento das bênçãos.

No livro “Os Ensinamentos da Honmon Butsuryu-shu”, página 26, parágrafo 4, 5 e 6, no tópico “Pureza da religião” consta: “A terceira característica essencial do Budismo Primordial é que só se reverencia o Gohonzon (mandala) onde está transcrito o Odaimoku. O Sutra Lotus é o Sutra mais respeitado”. Shotoku Taishi, na introdução do seu livro escreveu: “Penso que o sutra chamado Sutra Lótus engloba todas as bondades para alcançar a iluminação, é um pasto de colheita abundante que vai se tornar a causa da iluminação, e é um estranho remédio imortal que transforma a expectativa da vida em vida eterna”.