Verso do Grande Mestre Nissen Shounin nº 250
Por Ryuko Saito

“Quem prega o Darma até mesmo a uma pessoa, esse sim é devoto do Buda Primordial.”

Este verso do Grande Mestre Nissen Shounin nos ensina que, para ser um verdadeiro devoto do Budismo Primordial, o fiel nunca deve se esquecer do sentimento de expansão do Darma Sagrado, mesmo que seja para transmitir apenas a uma pessoa.

Um dos principais deveres de um fiel do Budismo Primordial, é expandir o Darma Sagrado, ou seja, transmitir o NAMUMYOUHOURENGUEKYOU às demais pessoas. Esse tipo de atitude, é o maior ato de compaixão e altruísmo que podemos ter nesse mundo, pois estaremos oferecendo a salvação da alma e a libertação dos sofrimentos mundanos, através das virtudes da oração do Odaimoku.

Aquele fiel que transmite os ensinamentos e converte as pessoas, é um verdadeiro devoto do Buda Primordial. Devoto é aquele que incorpora o sentimento do próprio Buda para si, salvar os seres do Mundo Saha.

Desde o início, o desejo de Buda sempre foi salvar todos os seres dos sofrimentos através do Darma, sem se importar com as dificuldades dessa missão.

O Buda Shakamuni, ao atingir a Iluminação em Boddh Gaya, viajou 210 km a pé em 10 dias, para fazer a primeira pregação aos 5 ascetas, com quem antes praticara mortificações. Naquele momento viviam em Samath, próximo a Benares.

O próprio Buda Primordial passou a Jyougyou Bossatsu, a tarefa de transmitir o Darma Sagrado a nós, seres da Era Mappou, e para isso, renasceu na figura Nitiren Daibossatsu, e transmitiu o Darma sem hesitar.

Os demais Grandes Mestres também não pouparam esforços na expansão, e o Mestre Ibaragui Nissui Shounin também se dedicou intensamente, passando por diversas dificuldades.

Citação do Mestre Nissen Shounin:
“Viver essa vida orando e fazendo com que os outros também orem, deve ser motivo de prazer, e maior meta dos devotos desta religião”

E assim foi dito.

Portanto, para sermos verdadeiros devotos e discípulos do Buda Primordial, devemos incorporar o sentimento de expansão e salvação de todos os seres. Devemos dar continuidade nessa missão, e nos esforçarmos na propagação do Darma Sagrado, nem que seja apenas a mais uma pessoa.