TEMPLO HOMPOJI

ENDEREÇO
Rua Albânia, 32 ao lado da Cativa - Jardim Igapó - Londrina/PR - CEP: 86046-290

CONTATO
(43)3341-7145

CULTOS
Cultos Matinais:
Segunda a Sexta: 7h
Sábados: 8h
Domingos e Feriados: 9h

Cultos Noturnos:
Todas as Quintas: 19h

Para saber mais, siga o Templo Hompoji no Facebook ou entre em contato por email!

História do Templo Hompoji

No dia 25 de agosto de 1946 o Sr. Kussakari Shouzou mudou-se para a cidade Assaí e, como no mesmo ano foram convertidas três famílias, no dia 13 de outubro, dia do Grande Mestre Nitiren Daibossatsu realizou-se um culto de gratidão na residência Kussakari simbolizando o início da expansão na região do Paraná.

Apesar da alegria dessa realização as dificuldades geográficas e as tendências individualistas geradas pelas necessidades eram intensas. No dia 16 de março de 1947 seis famílias se reuniram na residência Kussakari e celebraram o culto de gratidão ao Grande Mestre Nissen Shounin e em meados de abril o sacerdote responsável do 2º Núcleo de Cultos Quatá, Oikawa Seidai, apareceu na cidade Assaí e visitou todos os fiéis proferindo ensinamentos e orientando a expansão nesta localidade, segundo o qual tinha grandes possibilidades de crescimento.

No dia 17 de julho, ao participar do Núcleo em Lins, verificando-se a dificuldade de expansão e o pouco número de fiéis, como forma de incentivo Assaí foi nominado como "Paraná 31º grupo" e vinculado ao 2º Núcleo de Cultos Quatá. Ainda no mesmo ano no dia 12 de outubro o sacerdote Oikawa Sei dai e a sacerdotisa Teraoka Myoushun vieram juntos para celebrar no dia seguinte o primeiro Grande Culto de gratidão ao Grande Mestre Nitiren Daibossatsu do "Paraná 31º grupo". Para esta ocasião veio da região de Cruzeiro o Sr. Matsuda Matsuhei e foram convidadas pessoas da região alcançando o número de 16 famílias participantes deste grande culto realizado na residência Kussakari.

Mesmo com poucas famílias participantes o Grande Culto foi realizado solenemente e com o único sentimento de comoção, gratidão e prece pelo peso da responsabilidade de expansão.

Após isso, o sacerdote Oikawa realizou várias viagens a Londrina e região, sempre acompanhado pelo Sr. Kussakari. Graças a isso a dedicação religiosa se intensificou entre os fiéis que dia a dia aumentavam.

A residência Kussakari desde o Culto de Ano Novo de 1948 ao Grande Culto do dia 10 de julho de 1949 serviu como local de encontro. Devido a sua mudança o local de encontro passou a ser no centro, na residência do Sr. Kodama Toshio.

O sacerdote responsável deste período era Sassaki Seihan. Graças a proteção e bênçãos o grupo prosperou e pela fervorosidade dos fiéis a expansão ocorreu além das expectativas. O local de encontro se tornou pequeno e por isso o Sr. Kodama Toshio doou um terreno para o grupo.

Feito isso, no dia 8 de janeiro de 1950, após o término do culto de ano novo em reunião realizada, foi decidido por unanimidade a construção de um Núcleo de cultos.

No mesmo ano no dia 16 de julho, após a celebração do Grande Culto ao Grande Mestre Nissen Shounin, o sacerdote responsável Ishikawa Guenjyou celebrou a Cerimônia da Pedra Fundamental (Ditinshiki) e no dia 17 de agosto a de início das obras.

Terminadas as obras no dia 13 de outubro de 1950 foi celebrado a a cerimônia de inauguração, com presença do bispo da matriz de Lins, Ibaragui Nissui e o presidente Matsubara. Do Núcleo de Cultos de Quatá o sacerdote Ishikawa Guenjyou , os fiéis Fujii, Matsuo e Aoki participaram. De Presidente Prudente o sacerdote Oikawa Seidai e mais fiéis participaram deste que foi o início do Núcleo Fundamental da Butsuryu-Shu no Paraná.

No ano seguinte dia 17 de maio no culto realizado ao Grande Mestre Nissen Shounin o Sr. Kodama fez doação integral para construção das demais dependências do núcleo que foram inauguradas no dia 8 de agosto no dia do Grande Culto ao Grande Mestre Nissen Shounin.

Em 1952 no dia 13 de janeiro na ocasião do Culto de Ano Novo, o Núcleo recebeu da matriz Mundial do Japão a denominação de Templo "Hompoji". Sem dúvida foi uma graça recebida e resultado também do empenho do Bispo Ibaragui Nissui frente a matriz mundial. Todos deste Templo, dedicamos profundos sentimentos de gratidão prometendo nos esforçar mais ainda na expansão, na ornamentação do altar e Templo. Graças ao Sr. Kodama Toshio e a todos os fervorosos fiéis, até o dia 25 de abril de 1952, dia do Grande Culto de Gratidão ao Grande Mestre Nitiryu Shounin as obras de ornamentação foram concluídas.

Neste mesmo ano, para participar na grande cerimônia dos 700 do Rikkyo Kaishu, da Matriz de Lins foram ao Japão o Bispo Ibaragui Nissui , o presidente Matsubara o consultor Kawanaka e o fiel Hara Ihati. Nesta ocasião receberam um Gohonzon original do 5º Sumo Pontífice Nippuu Shounin que, ao regressarem ao Brasil, o Bispo Ibaragui Nissui ostentou em nosso Templo no dia 5 de outubro de 1952, dia do Grande Culto ao Grande Mestre Nitiren Daibossatsu.

Tendo este ácontecimento como motivo de extrema e geral alegria de todos do Templo, no ao seguinte em 1953 no dia 18 de janeiro foi convocada a diretoria para determinar a ampliação do altar. Estas obras se iniciaram no dia 25 de outubro e foram concluídas no dia 25 de novembro. Para estas ampliações o Sr. Kodama e tantos outros fiéis se empenharam extremamente. E, no dia 27 de janeiro de 1954 na celebração do Culto de Ano Novo com a presença do Bispo Ibaragui Nissui foi feita cerimônia de transferência do altar.

Todos nós seremos eternamente gratos e prometemos nos esforçar ao máximo para demonstrar toda nossa gratidão. Assim termino o registro da história da origem do Templo Hompoji.

13 de maio de 1954 / Testemunha: Kaminobou Mitsuyuki / Escrivão: Seto Tokunei Tradução: Kyohaku Correia

O mesmo ocorreu em Londrina, no dia 12 de novembro, em cerimônia também celebrada pelo bispo Taniguti Nisshou Shounin. O sacerdote Kyohaku Correia foi empossado como 7º bispo do templo, na ocasião das festividades de comemoração do cinqüentenário do templo. Também registramos todas as gerações de bispos e os certificados outorgados pelo 23º Sumo Pontífice Nozaki Nitijyou Shounin.

GERAÇÃO DE BISPOS DO TEMPLO HOMPOJI

1º Ibaragui Nissui Shounin (1950)
2º Ishikawa Guenjyou (1950)
3º Jimbo Nitidou Shounin (1963)
4º Shimizu Senyou (1982)
5º Minagawa Kyoujin (1984)
6º Suzuki Nitijyu Shounin (1988)
7º Correia Kyohaku (1998)