TEMPLO RENTOKUJI

ENDEREÇO
Rua Martin Luther King Júnior, 360 - Jardim Eulina - Campinas/SP - CEP: 13063-580

CONTATO
(19)3242-2202

CULTOS
Cultos Matinais:
Segunda a Sexta: 6h30
Sábados, Domingos e Feriados: 8h

Cultos Noturnos:
Todas as Quintas: 19h

Para saber mais, siga o Templo Rentokuji no Facebook ou entre em contato por email!

História do Templo Rentokuji

Todo Templo da nossa religião nasce de um núcleo de fiéis relativamente significante concentrados em uma cidade. Com o Templo Rentokuji não foi diferente. Até a sua inauguração , os fiéis da cidade de Campinas freqüentavam e faziam parte do Templo Nikkyoji em São Paulo. O núcleo possuía o nome de “Campinas kumi” (Grupo Campinas) e mensalmente promoviam cultos nas residências dos fiéis alternadamente.

A idéia da construção de um templo na cidade foi sugerida pelo Sr. Tuju Higa, justamente num destes cultos mensais. Tinha ele a convicção de que a nossa religião se expandiria muito mais na região com a construção no novo templo.

Nas reuniões mensais, chegaram até cogitar a requisição de um terreno junto a Prefeitura Municipal de Campinas, mas desistiram da idéia quando chegaram a conclusão que mesmo recebendo a doação, financeiramente não teriam condições de erguer um templo durante o prazo determinado pela prefeitura.

O tempo foi passando até que o idealizador, Sr. Toku Higa, veio a falecer no dia 30 de Agosto de 1978 aos 85 anos de idade sem nenhuma perspectiva de ver seu sonho concretizado.

A lembrança do ideal do Sr. Toku Higa, continuou acesa no filho mais velho, Hiroshi Higa. Certo dia, ele sonhou com seu pai e nitidamente ouviu-lhe dar a seguinte sugestão: “ Se vocês realmente desejam construir um templo, porque não o fazem atrás do ambulatório ?” Ele se referia ao terreno do atual templo onde na residência do Bispo funcionava um ambulatório da firma Higa produtos alimentícios Ltda.

No mesmo dia, o Sr. Hiroshi reuniu-se com seus irmãos, proprietários do terreno, relatou a eles o sonho que tivera e a sugestão que recebera do pai. Prontamente todos acataram e aceitaram a sugestão. Terminada a reunião o Sr. Hiroshi fio até o Templo Nikkyoji em São Paulo comunicar a decisão da doação do terreno ao então arcebispo Seryu Suzuki e ao presidente Kitaro Sakubara e que os deixaram bastante surpresos.

A doação do terreno foi efetivada no dia 20 de Dezembro de 1980, na cerimônia do lançamento da pedra fundamental celebrada pelo Bispo Nition Tanigawa especialmente vindo do Japão.

Para que a construção fosse possível, iniciou-se uma campanha de arrecadação de fundos com o lançamento do “Livro de Ouro”, seis meses depois com os esforços dos fiéis de Campinas e uma ajuda considerável dos fiéis de São Paulo, conseguiu-se a quantia suficiente para dar início as obras, que iniciaram-se no dia 11 de Junho de 1981 e concluída no dia 17 de Março de 1982.

A inauguração oficial foi realizada no dia 13 de Junho de 1982. Fez parte das festividades da comemoração dos 700 anos de morte do Grande Mestre Nitiren Shounin da religião Budista Honmon Butsuryu Shu do Brasil. A celebração foi feita pelo então 18º Sumo Pontífice Nishimura que trouxe consigo, o Gohonzon (Imagem Sagrada) escrito pelas próprias mãos do Mestre Nissen.

Vale lembrar que a denominação RENTOKUJI, recebida pelo Sumo Pontífice Nishimura possui o seguinte significado :

REN – segundo o ideograma de NITIREN, devido a inauguração ser feita nas festividades de sua homenagem ;
TOKU – em homenagem ao idealizador da construção do Templo Sr. Toku Higa; e finalmente
JI – ideograma que significa templo em japonês.